Biocom de Angola inicia produção de energia eléctrica em Setembro

25 June 2014

A Companhia de Bioenergia de Angola (Biocom), uma parceria angolano-brasileira na província de Malange, começa em Setembro próximo a produção de energia eléctrica com 120 megawatts iniciais, informou a empresa em comunicado.

A Biocom informou também que em Setembro inicia-se igualmente a produção de açúcar e de etanol, com dezoito mil toneladas de açúcar e três milhões de litros de etanol por ano.

A empresa estima que a partir de 2019 estará a produzir 256 mil toneladas de açúcar e 30 milhões de litros de etanol, além da energia eléctrica que será utilizada para reforçar a linha de alta tensão de Capanda/Cacuso, que abastece o município e a cidade de Malanje.

A Biocom, que se encontra integrada no Pólo Agro-industrial de Capanda, é uma parceria entre o Estado angolano, através da Agência Nacional para o Investimento Privado (ANIP) e da Sonangol Holding, com uma participação de 20% e os grupos angolano Damer e brasileiro Odebrecht, ambos com 40% cada.

O presidente da Sociedade de Desenvolvimento do Pólo Agro-industrial de Capanda (Sodepac), Carlos Fernandes, disse no ano passado que o investimento global da Biocom está avaliado em 250 milhões de dólares, indo o projecto criar 500 empregos directos e 700 indirectos. (macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH