Países de língua portuguesa querem reforço de relações com Sichuan

26 June 2014

A cooperação empresarial foi a nota dominante da presença em Chengdu de uma delegação de 14 membros do Fórum Macau que participou a 19 de Junho na Semana Dinâmica de Macau na capital de Sichuan, segundo nota divulgada pelo Secretariado Permanente da instituição.

Representantes de empresas comerciais de Sichuan estiveram presentes numa palestra sobre cooperação entre os países de língua portuguesa, Macau e Sichuan organizada pelo Secretariado Permanente do Fórum, Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) e Departamento do Comércio da província de Sichuan.

No encontro foi abordado o papel de Macau e das suas instituições como ligação entre a China e os países de língua portuguesa para a promoção de negócios e os incentivos concedidos a investidores estrangeiros.

A visita a Chengdu visou igualmente dar a conhecer aos representantes dos países de língua portuguesa o desenvolvimento da área de saneamento, saúde e indústria farmacêutica e as possibilidades que se abrem na cooperação entre governos e empresas.

A delegação do Secretariado Permanente do Fórum de Macau foi chefiada pelo secretário-geral, Chang Hexi e integrava, entre outros, representantes de Moçambique, Guiné-Bissau e Timor-Leste.

Segundo o comunicado do Fórum Macau a província de Sichuan possui relações estreitas com os países de língua portuguesa para onde envia equipas médicas de apoio sanitário desde 1976.

A província de Sichuan, localizada na região sudeste da China, tem uma área de 485 mil quilómetros quadrados, uma população de 89 milhões de pessoas e em 2013 registou um PIB de 429 mil milhões de dólares. (macauhub/MO/MZ/GW/TL)

MACAUHUB FRENCH