Fundo de Fomento da Habitação de Moçambique pretende constituir parcerias público-privadas

27 June 2014

O Fundo de Fomento da Habitação (FFH) de Moçambique está à procura de parceiros para a constituição de parcerias público-privadas para a execução de projectos de habitação social, afirmou o presidente da instituição, citado pelo matutino Notícias, de Maputo.

Indicando que o Fundo tem desenvolvido projectos dirigidos sobretudo a jovens e funcionários públicos, Rui Costa disse que os custos das habitações construídas estão muito acima da capacidade de endividamento dos jovens, seus potenciais beneficiários.

De acordo com o presidente do FFH, o que se pretende a médio/longo prazo é que a instituição ganhe capacidade financeira de modo a que, nos próximos anos, possa estar em condições de produzir uma casa verdadeiramente social e, com financiamento próprio, atender o seu grupo alvo.

O Fundo lançou recentemente em Maputo o projecto City Tower, um edifício de 27 pisos que, a par do parque habitacional a ser erguido em Pemba, província de Cabo Delgado, resultam duma parceria estabelecida com uma empresa dos Emirados Árabes Unidos.

O projecto de Pemba tem um custo avaliado em 60 milhões de dólares e será executado em 3 anos, enquanto o City Tower, a ser erguido em 30 meses, custará 45 milhões de dólares.

O City Tower terá cerca de 150 apartamento de T1 a T4 para residências e o Chiuba Village, em Pemba, contempla a construção de 1200 casas que procuram dar resposta à elevada procura de habitação resultante dos projectos em desenvolvimento naquele ponto do país. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH