Empresas portuguesas investiram 1500 milhões de dólares em Moçambique

1 July 2014

O capital investido por empresas portuguesas em Moçambique ascende a cerca de 1500 milhões de dólares, afirmou segunda-feira o embaixador de Moçambique em Portugal, José Augusto de Jesus Duarte.

Falando a propósito da visita de Estado que o Presidente da República, Armando Guebuza, efectua a partir de segunda até quinta-feira a Portugal, o embaixador acrescentou que como resultado desse investimento Portugal é o maior empregador estrangeiro dando trabalho a cerca de 34 mil cidadãos moçambicanos.

Nos últimos três anos, apesar da crise financeira e económica, Portugal tem ocupado o terceiro lugar em termos de investimentos em Moçambique, depois da África do Sul e da China, facto considerado positivo pelo director-geral do Centro de Promoção de Investimentos (CPI) de Moçambique, Lourenço Sambo.

Citado pelo matutino Notícias, de Maputo, o director-geral do CPI, que está à frente de um grupo de mais de 30 empresários moçambicanos que acompanham o Presidente da República, disse que “se olharmos para o primeiro trimestre deste ano podemos dizer que Portugal liderou a lista como maior investidor em Moçambique.”

“Sob o ponto de vista económico, as relações entre os dois países são excelentes, esperando-se que elas sejam cada vez mais consolidadas nesta visita em que está prevista a realização de um seminário empresarial Moçambique-Portugal, no qual deverão participar cerca de 200 empresários, entre portugueses e moçambicanos”, observou Sambo.

As grandes áreas de investimento são a energia, construção civil e turismo, além de um número considerável de projectos geridos por investidores portugueses.

Uma reunião cimeira entre Portugal e Moçambique teve lugar recentemente em Maputo, no decurso da qual foram assinados 19 acordos e libertados 133 milhões de euros para investimentos em Moçambique. (macauhub/PT/MZ)

MACAUHUB FRENCH