Empresa portuguesa fornece cais flutuante para atracação de embarcações em praia de Angola

1 July 2014

A empresa portuguesa Lindley concluiu recentemente o fornecimento de um cais flutuante para a praia do Baba, na província do Namibe, em Angola, informou a empresa em comunicado.

A obra, cuja montagem ficou concluída em Maio de 2014, englobou o projecto, fabrico e montagem de uma infra-estrutura destinada a um cais para atracação de oito embarcações de recreio.

O cais de atracação, dotado de serviços de fornecimento de água e energia elétrica às embarcações, bem como armários de emergência e escadas quebra-costas, é composto por 36 metros de passadiço flutuante com estrutura em aço reforçado galvanizado, sendo o acesso efectuado através de uma ponte em aço metalizado.

Os trabalhos de construção do dique de protecção, de construção civil em terra, a logística e os meios de movimentação foram assegurados pelas empresas angolanas Omatapalo e Andaimes Carvalho, com sede na cidade de Lubango, com quem a Lindley desenvolveu todo o projecto.

A Lindley é uma empresa especializada no fornecimento, instalação e manutenção de equipamento flutuante para marinas, docas de recreio e portos comerciais, fazendo parte do grupo com o mesmo nome. (macauhub/PT/AO)

MACAUHUB FRENCH