Consórcio estatal da Índia vai propor compra dos activos mineiros da Rio Tinto em Moçambique

2 July 2014

A International Coal Ventures Ltd (ICVL), um consórcio de empresas estatais da Índia, deverá apresentar a curto prazo uma proposta de 200 milhões de dólares para comprar os três activos mineiros do grupo Rio Tinto em Moçambique, de acordo com a imprensa indiana.

O grupo anglo-australiano Rio Tinto controla 100% dos projectos carboníferos Zambeze e Tete Oriental e 65% da mina de Benga, em que o grupo indiano Tata Steel detém os restantes 35%, todos localizados na província de Tete.

“A ICVL manteve conversações preliminares com responsáveis do grupo em Moçambique e deverá apresentar uma proposta de 200 milhões de dólares no máximo dentro de 15 dias para comprar a totalidade dos activos da Rio Tinto”, disse uma fonte do Ministério do Aço à agência noticiosa Press Trust of India.

A fonte disse ainda que as minas têm reservas de carvão de coque e térmico estimadas em 200 milhões de toneladas “sendo que habitualmente custa 1 milhão de dólares comprar uma mina que tenha um milhão de toneladas de carvão.”

Em Novembro de 2007 a Tata Steel comprou uma parcela de 35% na Riversdale Mining Company, que controlava na altura a mina de Benga e que em Abril de 2001 foi adquirida pelo grupo Rio Tinto. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH