Investidores interessados na pesca do atum em Moçambique

2 July 2014

Investidores privados moçambicanos e estrangeiros manifestaram interesse em estabelecer-se na província de Nampula para se dedicarem à pesca de atum para comercialização no exterior, afirmou o delegado provincial da Administração Nacional de Pescas.

Citado pelo jornal Notícias, de Maputo, Momade Juizo disse que tal interesse é estimulado pela abundância daquele recurso marinho que, explorado racionalmente, vai promover oportunidade de acesso ao mercado de trabalho para centenas de pessoas e proporcionar receitas a favor do Estado.

Momade Juizo disse ainda que um total de 15 projectos focados para a captura de atum foram entregues recentemente na delegação provincial por potenciais investidores moçambicanos e estrangeiros de países como a Indonésia, China, Coreia do Sul e Portugal.

O atum é uma espécie que existe em toda a costa do Índico, sendo, no entanto, mais abundante nos distritos de Memba, Nacala-Porto, Nacala-a-Velha, Ilha de Moçambique e Angoche.

Aquele responsável adiantou ao Notícias que recentemente representantes de empresas vocacionadas na captura e processamento de atum que é colocado no mercado internacional, em particular no Japão, visitaram a província tendo contactado a delegação provincial da Administração Nacional de Pescas.

Nampula está a beneficiar, neste momento, de investimentos na área das pescas de empresas da China e de Portugal estimados em cerca de 10 milhões de dólares para a captura de camarão, lagosta e garoupa destinado à exportação, bem como na construção de embarcações para desenvolvimento da pesca semi-industrial. (macauhub/CN/PT/MZ)

MACAUHUB FRENCH