Americana ERHC Energy vai prospectar petróleo em São Tomé e Príncipe

3 July 2014

A ERHC Energy vai investir cerca de 100 milhões de dólares na prospecção do bloco 11 da zona exclusiva de São Tomé e Príncipe, anunciou quarta-feira em São Tomé o presidente da empresa petrolífera norte-americana.

Peter Ntephe fez esta declaração no final do acto de assinatura do contrato de partilha de produção com a Agência Nacional de Petróleo de São Tomé e Príncipe, numa cerimónia testemunhada pelo ministro são-tomense dos petróleos, Fernando Maquengo.

O presidente da ERHC Energy anunciou que a empresa ficou isenta de pagamento de bónus de assinatura por gozar do direito de preferência na sequência de um acordo estabelecido com o Estado são-tomense em Maio de 1997.

Tendo o contrato a duração de 28 anos, dos quais os primeiros oito destinam-se a pesquisas sísmicas e recolha de outros dados, Peter Ntephe sublinhou que a maior parte do investimento acontecerá no período de perfuração que antecede e determina a fase de produção.

O direito de preferência da ERHC Energy surgiu na sequência dos apoios prestados ao Estado são-tomense, sobretudo, nos primeiros estudos sísmicos iniciadas em 1997 com envolvimento da Chevron e da ExxonMobil, bem como ajuda na área jurídica e de formação de quadros.

Este contrato da ERHC para o bloco 11 segue-se aos da britânica Equator Exploration no bloco 5, da sino-angolana Sinoangol no 2, e da nigeriana Oranto Petroleum no bloco 3.

São Tomé e Príncipe dispõe ainda de mais 15 blocos que estão por adjudicar.

Além da zona exclusiva, o arquipélago tem igualmente uma zona conjunta de exploração com a Nigéria que estabelece 60% de receita para os nigerianos e 40% para a parte são-tomense na base de um tratado político assinado em Fevereiro de 2011. (macauhub/ST)

MACAUHUB FRENCH