Banco estatal português Caixa Geral de Depósitos quer reforçar presença em Angola

8 July 2014

O banco estatal português Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende reforçar a sua presença em Angola com o exercício da opção de compra ao Banco Santander Totta de parte da posição que este detém no Banco Caixa Totta, noticiou o jornal Diário Económico.

O jornal acrescentou que a operação não foi ainda concretizada porque a CGD está obrigada a cumprir um plano de reestruturação acordado com a Comissão Europeia e esta terá de concordar com o negócio.

O Banco Caixa Geral Totta de Angola, mais conhecido por Banco Caixa Totta, tem como accionistas a PartAng, uma parceria entre a CGD (51%) e o Santander Totta (49%), com 51%, Sonangol, 25%, Jaime Freitas e António Mesquita, ambos com 12% cada.

A possibilidade de o banco público reforçar de 51% para 80% a participação na PartAng, parceria que controla a maioria do capital da instituição angolana, está prevista no acordo parassocial estabelecido quando a CGD entrou no capital em 2009.

“Se a operação se vai concretizar ou não está aparentemente nas mãos de Bruxelas”, conclui o diário. (macauhub/AO/PT)

MACAUHUB FRENCH