Banco Mundial afirma que economia de Angola está em processo de retoma

9 July 2014

A economia de Angola aparenta estar num processo de retoma, com o Produto Interno Bruto a registar um crescimento real de 4,4%, depois da desaceleração sentida em 2013 devido à quebra das receitas com a venda de petróleo, informou o Banco Mundial.

Num documento com a actualização económica de Angola, segunda-feira divulgado, o Banco Mundial adianta que o crescimento económico que se está a registar é superior à média de 3,5% observado no período 2009/2011 mas, mesmo assim, inferior aos 5,2% de 2012.

A instituição disse ainda que o sector não-petrolífero de Angola expandiu-se em 2013, tendo atingido um crescimento de 6,3% em 2013 em resultado de maior produção agrícola e de investimentos no sector da produção de electricidade.

A maior produção agrícola e preços mais baixos dos produtos alimentares importados ajudaram a reduzir a taxa de inflação para apenas um dígito, afirmou o Banco Mundial, para acrescentar que a inflação continuará a baixar em resultado do aumento da produção agrícola bem como dos preços dos produtos agrícolas nos mercados mundiais.

A queda observada na receita petrolífera, associada a um aumento da despesa pública, conduziu a um défice orçamental pela primeira vez desde 2009, que deverá ascender a 4,9% do PIB caso a execução orçamental atinja 100% no final de 2014.

“Embora a previsão para 2014 seja favorável atendendo ao aumento esperado da produção de petróleo não é de prever que o petróleo contribua muito mais para o crescimento económico, pelo que terá de ser o sector não-petrolífero a expandir-se rapidamente para fazer com que Angola atinja o forte desempenho registado antes da crise de 2009”, afirmou Elisa Gamberoni, economista do Banco Mundial e principal relator do documento agora divulgado. (macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH