FMI considera que PIB de Cabo Verde vai crescer três por cento em 2014

15 July 2014

O Produto Interno Bruto (PIB) de Cabo Verde deverá crescer 3 por cento em 2014 face aos 0,5 por cento previsto em 2013, segundo o relatório da equipa técnica do Fundo Monetário Internacional (FMI) que esteve em Cabo Verde no início do ano para mais uma missão destinada a avaliar a situação do país.

O relatório refere que a melhoria da conjuntura económica na área do euro é um bom sinal para o turismo cabo-verdiano, bem como as remessas dos emigrantes e o Investimento Directo Estrangeiro (IDE).

Internamente, a confiança do consumidor e do investidor deve começar a recuperar-se, impulsionada por uma orientação mais cuidada da política monetária, assinala o relatório do FMI.

O documento assinala ainda que a inflação deve aumentar mas permanecerá abaixo de 3 por cento e refere que o défice em conta corrente deve crescer em 2014 com a recuperação da procura pelas importações.

O FMI louva no relatório “os avanços económicos e sociais conseguidos na última década, e a gestão macroeconómica, que ajudou a reforçar as reservas externas e a preservar a paridade cambial e incentiva o governo a consolidar as finanças públicas para restabelecer as protecções e a levar a cabo reformas estruturais para apoiar o crescimento de longo prazo.”

O FMI considera, igualmente, positiva a consolidação fiscal alcançada em 2013, os planos do Governo para conter os gastos em 2014 e apoia os esforços que o governo tem feito para mobilizar receita interna.(macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH