Moçambique recebeu 78,8 milhões de dólares do fundo de países produtores de petróleo

15 July 2014

Moçambique é entre os países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) o que mais tem beneficiado das linhas de crédito para o sector público do Fundo para o Desenvolvimento Internacional da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OFID, na sigla em inglês).

Com uma carteira de créditos que ascende a 78,8 milhões de dólares, Moçambique lidera a lista dos países africanos de expressão portuguesa, cujos governos mantêm financiamentos junto da instituição financeira da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEC, na sigla em inglês), sendo seguido por Cabo Verde (20,5 milhões), Angola (18,3 milhões) e São Tomé e Príncipe (três milhões).

A Guiné-Bissau não possui actualmente qualquer crédito do OFID, embora, no passado, tenha procurado financiamento junto da organização no montante global de 13,97 milhões de dólares.

Também no histórico de operações, Moçambique lidera no contexto dos PALOP, com o valor de 209,2 milhões de dólares, tendo Cabo Verde um aproveitamento de 65,8 milhões, Angola de 43,01 milhões e São Tomé e Príncipe de 21,8 milhões.

Criado em 1976, o OFID conta actualmente com contribuições da Argélia, Equador, Gabão, Indonésia, Irão, Kuwait, Líbia, Nigéria, Qatar, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Venezuela, tendo, até 2013, financiado projectos públicos de 103 países em desenvolvimento, das regiões de África, América Latina e Caribe, Ásia e Europa.

Em termos sectoriais, os créditos da organização concedidos a Moçambique distribuem-se pelas áreas de Agricultura e Agro-indústria (58,59 milhões de dólares), Energia (45,54 milhões), Transportes (34,67 milhões), não-sectorial (28,05 milhões), Educação (22,6 milhões), Saúde e População (17 milhões) e Indústria (2,82 milhões).

Por outro lado, no contexto de financiamentos ao sector privado, o fundo emprestou 12 milhões de dólares para a construção de uma fábrica de montagem de cabos de alumínio à Midal Moçambique, com sede na Matola, arredores da capital moçambicana.( macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH