Investimento empresarial em Moçambique atinge 1212 milhões de dólares no primeiro semestre

25 July 2014

O Centro de Promoção de Investimentos (CPI) de Moçambique aprovou 239 projectos durante o primeiro semestre do ano, no valor global de cerca de 1212 milhões de dólares, apurou a macauhub em Maputo junto da organização.

Do total de investimentos empresariais realizados, mais de 618,9 milhões de dólares tiveram origem em investidores estrangeiros e 105,2 milhões em nacionais, com os empréstimos e suprimentos associados a ambos a situarem-se em cerca de 488 milhões de dólares.

Relativamente aos primeiros três meses do ano, altura em que foram aprovados projectos no valor de 782,9 milhões de dólares, no segundo trimestre de 2014 foram registados investimentos de 429,2 milhões de dólares, numa quebra de cerca de 40%.

Já comparativamente ao período homólogo, quando foram investidos mais de 2448 milhões de dólares, registou-se uma redução de cerca de 1236 milhões de dólares, o que representou uma descida de 50,4%.

Sectorialmente, a área de Energia foi a que maior investimento recebeu, cerca de 421 milhões de dólares, tendo sido seguida pelos sectores de Indústria (228,5 milhões), Construção e Obras Públicas (218,7 milhões), Turismo e Hotelaria (183,07 milhões), Transportes e Comunicações (65,8 milhões), Serviços (61,6 milhões), Agricultura e Agro-indústria (31,7 milhões), Banca e Seguradoras (1,1 milhões) e Aquacultura e Pescas (400,8 mil dólares).

A província de Sofala foi a que mais investimento atraiu, com 517,3 milhões de dólares, sendo seguida pelas de Maputo Cidade (256,4 milhões), Maputo (132,5 milhões), Cabo Delgado (124,1 milhões), Tete (113,9 milhões), Manica (21,6 milhões), Gaza (15,6 milhões), Inhambane (15,4 milhões), Nampula (10,2 milhões), Zambézia (2,6 milhões) e Niassa (2,1 milhões). (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH