Consórcio indiano ICVL prestes a adquirir activos mineiros em Moçambique

25 July 2014

A venda de minas de carvão exploradas em Moçambique pelo grupo anglo-australiano Rio Tinto ao consórcio indiano International Coal Ventures Private Limited (ICVL) deverá ter lugar a curto prazo, disse em Nova Deli um funcionário governamental envolvido nas negociações.

Citado pelo Wall Street Journal, o funcionário, que não é identificado, disse antecipar que as partes assinarão o acordo de compra e venda dentro de “três a quatro dias.”

Caso este negócio seja realizado, trata-se da primeira aquisição que a International Coal Ventures Private Limited (ICVL) efectua desde que foi constituída em 2009 para adquirir activos mineiros no estrangeiro.

A ICVL pretende adquirir a participação de 65% que a Rio Tinto Coal Mozambique, subsidiária do grupo anglo-australiano, detém no projecto mineiro de Benga bem como as participações de 100% que controla em duas outras minas, conhecidas como os projectos Zambeze e Tete Oriental.

O grupo Rio Tinto, que tem estado a angariar capital com a venda de activos marginais e outros com fraco desempenho, obteve as minas quando em 2011 pagou 3,7 mil milhões de dólares pela empresa australiana Riversdale Mining Ltd.

O consórcio ICVL, constituído pelas empresas estatais indianas Coal India, Steel Authority of Índia, National Thermal Power Corporation (NTPC), National Mineral Development Corporation (NMDC) e Rashtriya Ispat Nigam Limited (RINL), foi formado para adquirir e explorar em regime de parceria carvão de coque, outros minerais e bio-energias. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH