Banco Oeste Africano de Desenvolvimento vai financiar projectos na Guiné-Bissau

25 July 2014

O Banco Oeste Africano de Desenvolvimento (BOAD) tem disponíveis 116 milhões de euros para aplicar em projectos na Guiné-Bissau, afirmou quinta-feira em Bissau o representante no país daquele banco de desenvolvimento.

À saída de um encontro com o Presidente da República, José Mário Vaz, no Palácio da Presidência, em Bissau, Kuame Armand disse que aquela verba servirá para financiar “acções de desenvolvimento” nos sectores da agricultura, infra-estruturas rodoviárias, energia eléctrica e requalificação do porto de Bissau.

Citado pela agência noticiosa Lusa, o representante do banco africano disse ainda ter garantido ao Presidente guineense que os projectos e o financiamento dos mesmos já estão aprovados, indo-se agora entrar na fase de execução.

Com sede em Lomé, capital do Togo, o BOAD financia projectos de desenvolvimento nos oito países que compõem a União Económica e Monetária da África Ocidental: Benim, Burquina-Faso, Costa do Marfim, Guiné-Bissau, Mali, Níger, Senegal e Togo.

Na quarta-feira, José Mário Vaz recebeu o director nacional do Banco Central dos Estados da África Ocidental (BCEAO) que anunciou um empréstimo de cerca de 22,8 milhões de euros para pagamento de salários em atraso na função pública da Guiné-Bissau. (macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH