FMI prevê que PIB da Guiné-Bissau cresça 2,7 por cento em 2014

30 July 2014

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) da Guiné-Bissau cresça 2,7 em 2014, nove vezes mais que os 0,3% de 2013, anunciou Terça-feira em Bissau o chefe da missão do fundo que esteve sete dias no país.

“Espera-se que que a actividade económica acelere este ano, no contexto dos melhores preços de exportação de caju e do restabelecimento do apoio de parceiros internacionais”, disse Maurício Villafuerte.

Em Setembro uma nova missão desloca-se a Bissau para preparar um programa de apoio à Guiné-Bissau depois de o último empréstimo do FMI, no valor de cerca de três milhões de euros e previsto para o período de 2011 a 2013, ter sido interrompido com o golpe militar de 2012.

“Para apoiar financeiramente a Guiné-Bissau, um novo empréstimo terá que ser desenhado com base no programa de médio prazo que o Governo está a preparar”, referiu Maurício Villafuerte.(macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH