Metro ligeiro de Macau em funcionamento pleno só em 2022

31 July 2014

O metro ligeiro de Macau, que vai ligar a península e a ilha da Taipa, só deverá estar a funcionar em pleno em 2022, disse à agência de notícias Lusa André Ritchie, coordenador adjunto do Gabinete para as Infra-estruturas de Transportes em Macau.

Ritchie disse que na ilha da Taipa, o metro ligeiro – que terá uma extensão de nove quilómetros – estará concluído até ao final de 2016 num traçado que vai ligar a zona do aeroporto internacional até à ponte Sai Van, onde, depois, será feito o prolongamento na ponte até à zona da Barra, na península de Macau.

Na península de Macau, o projecto só estará concluído ao longo de 2015 e, com “cinco a seis anos de obras”, só em 2022 deverá estará a funcionar em pleno, ou seja, entre a península de Macau e a ilha da Taipa.

Com um traçado entre a península de Macau e a ilha da Taipa de cerca de 20 quilómetros, o metropolitano ligeiro, construído em plataforma elevada, deverá custar, a preços actuais, cerca de 15.000 milhões de patacas (1.880 milhões de dólares).(macauhub/MO)

MACAUHUB FRENCH