Kenmare Resources reestrutura dívida associada a projecto mineiro em Moçambique

4 August 2014

A empresa irlandesa Kenmare Resources chegou a acordo com os principais credores no sentido de proceder a uma restruturação da dívida decorrente da exploração dos depósitos de areias pesadas de Moma, em Moçambique, informou a empresa em comunicado.

Nos termos do acordo alcançado, que inclui um alargamento do prazo de amortização do empréstimo concedido pelo Banco ABSA, do grupo Barclays, cerca de metade da dívida de 160 milhões de dólares com amortização prevista em Agosto de 2015 será paga em nove prestações iguais semi-anuais ao longo de quatro anos.

Por seu turno, o Banco ABSA aceitou que o pagamento de um empréstimo de 20 milhões de dólares seja adiado pelo prazo de um ano para Março de 2016.

Michael Carvill, director-geral da Kenmare Resources, afirmou-se satisfeito com a obtenção do acordo que “permite-nos conservar dinheiro e garantir maior flexibilidade no actual período de baixos preços internacionais para os produtos que extraímos em Moçambique.”

O principal activo da Kenmare Resources é precisamente a concessão de Moma, província de Nampula, onde a empresa extrai de depósitos de areias pesadas minérios de titânio, como ilmenite e rutilo, bem como zircão, um silicato de zircónio. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH