Empresários dos EUA interessados em investir na logística em Moçambique

5 August 2014

Empresários norte-americanos manifestaram interesse em investir em Moçambique, nomeadamente na logística de escoamento de carvão das zonas de produção para os portos da Beira e de Nacala, noticiou o matutino Notícias, de Maputo.

O facto foi anunciado à margem de um pequeno-almoço que o Presidente Armando Guebuza manteve em Washington com 180 empresários reunidos no Conselho Empresarial para África (CCA, na sigla em inglês).

A questão da logística dominou a intervenção do Presidente da República, que salientou que a exploração do carvão em Moçambique trouxe novos desafios, nomeadamente a logística para o seu transporte dos centros de produção para os de exportação, que ficam distantes uns dos outros.

“As minas de carvão de Moatize podem produzir muito, mas a logística do seu escoamento é um problema”, afirmou o Presidente da República, sublinhando que o investimento nessa área é bem-vindo.

No encontro, o chefe de Estado referiu-se à necessidade de formação do capital humano como uma questão fundamental, sugerindo uma parceria entre universidades norte-americanas e moçambicanas e outras instituições de pesquisa.

“Podemos cooperar a nível universitário e de instituições de pesquisa e abrirmos em Moçambique uma universidade técnica Moçambique-Estados Unidos”, referiu o Presidente da República, lembrando que a presença do grupo Anadarko Petroleum está a contribuir para o aumento do investimento norte-americano em Moçambique. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH