Brasil quer reforçar cooperação agrícola com Angola

8 August 2014

O Brasil está aberto a aprofundar a cooperação com Angola para que este país reconquiste a sua posição de um dos principais produtores agrícolas de África, afirmou em Luanda a embaixadora do Brasil em Angola, Ediuliza Fontenele Reis.

No decurso de um encontro sobre café e soja, organizado pelo Instituto do Fomento Empresarial (IFE), a embaixadora realçou que as duas culturas são exemplos da tradição e modernização da agricultura brasileira que há 150 anos se mantém como o maior produtor mundial de café.

Citada pela agência noticiosa Angop, a diplomata recordou que técnicos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) já estão a prestar apoio aos Institutos de Investigação Agronómica (IIA) e Veterinária (IIV) de Angola.

Presente no encontro, o ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural de Angola, Afonso Pedro Canga, disse que o país “está bem posicionado para desenvolver a produção e comercialização de soja, devido às condições climatéricas e às características do solo, semelhantes às do Cerrado brasileiro.”

Angola foi nos anos 70 o terceiro maior produtor mundial de café, produção que se reduziu drasticamente durante o período de guerra civil, terminada em 2002.

Nessa época Angola produzia cerca de 210 mil toneladas de café comercial, sendo a produção actual estimada em apenas 12,6 mil toneladas, na sua maioria do tipo Robusta (96%). (macauhub/AO/BR).

MACAUHUB FRENCH