Governo de Moçambique atento à venda de activos do grupo Rio Tinto

11 August 2014

A venda de parte dos activos do grupo mineiro Rio Tinto em Moçambique a um agrupamento indiano está a ser analisada, afirmou a ministra dos Recursos Minerais, que garantiu não ter o governo recebido até à data qualquer informação oficial.

“Formalmente não conheço o valor que a Rio Tinto terá encaixado neste negócio, mas podem ficar seguros de que qualquer montante que for apurado será tributado no âmbito das mais-valias”, disse a ministra Esperanças Bias, citada pelo matutino Notícias, de Maputo.

O grupo Rio Tinto anunciou recentemente ter chegado a acordo para vender a Rio Tinto Coal Mozambique à International Coal Ventures Private Limited (ICVL) por 50 milhões de dólares.

A Rio Tinto Coal Mozambique controla os activos de carvão da Rio Tinto na região de Tete, em Moçambique, nomeadamente a mina de Benga (65%), a concessão mineira do Zambeze e as licenças de exploração do Tete Leste, bem como licenças de exploração de carvão associadas e a Benga Energia.

A ICVL é um consórcio constituído na Índia para efeitos de aquisição de minas de carvão e activos de carvão em no estrangeiro, principalmente para dar resposta às necessidades de carvão das empresas promotoras da ICVL.

As empresas promotoras do ICVL estão também entre as maiores detidas pelo governo da Índia – Steel Authority of India Limited, Coal India Limited, RashtriyaIspat Nigam Limited, National Minerals Development Corporation Limited e National Thermal Power Corporation Limited. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH