Agência Moody’s revê em alta notação de risco da dívida soberana de Angola

12 August 2014

A agência Moody’s reviu em alta de Ba3 para Ba2 a notação de risco da dívida soberana de Angola e reviu igualmente a perspectiva (“outlook”) de estável para positiva, informou a instituição em comunicado divulgado recentemente em Londres.

Na base da revisão em alta da notação de risco estão uma previsão económica forte a médio prazo e o facto de o governo angolano estar a registar progressos na aplicação de reformas estruturais e do lado negativo a continuação de uma fraca diversificação económica associada a um enquadramento institucional muito fraco.

A agência informou ainda que a curto prazo a dívida soberana de Angola mantém-se sem qualidade para investimento.

A actualização da notação de risco posiciona Angola ao mesmo nível que Portugal, Roménia, Jordânia e acima da Nigéria, Paraguai e Montenegro.

A classificação do risco soberano é a nota dada por instituições ou agências especializadas em análise de crédito de risco aos países que pretendem emitir dívida no mercado internacional, avaliando a capacidade e a disposição de um país honrar, pontual e integralmente os pagamentos da sua dívida.

De acordo com o Jornal de Angola, esta avaliação foi divulgada após representantes da Moody’s terem visitado Angola, onde mantiveram contactos com ministérios, Banco Nacional de Angola e responsáveis de outras instituições públicas e privadas. (macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH