Bolsa de Valores de Angola com abertura prevista para Novembro

13 August 2014

A abertura da Bolsa de Dívida e Valores de Angola (Bodiva) está prevista para finais de Novembro próximo, disse o presidente da instituição, António Furtado, em entrevista ao estatal Jornal de Angola.

Dizendo que o ambiente macroeconómico é favorável e que os trabalhos para o início da actividade estão a avançar, António Furtado disse que a bolsa começará a funcionar com dívida pública sendo que a dívida empresarial apenas em 2015 será admitida à cotação.

“Estamos a conduzir todo o processo para o início da actividade ainda este ano, contando com parceiros, intermediários financeiros, emitentes e operadores”, disse o presidente da bolsa de valores.

António Furtado disse ainda que as empresas vão ter de se preparar para serem admitidas à cotação e essa preparação passa pela boa gestão empresarial, boas práticas, prestação de contas e apresentação dos órgãos sociais bem definidos.

“A empresa que for admitida à cotação em bolsa ou as empresas emitentes vão ter de prestar contas regularmente, que é fundamental para os investidores”, disse o presidente da Bodiva, para acrescentar que a sua admissão à cotação depende da preparação individual, sendo que os bancos, por exemplo, “já estão bem preparados.”

Furtado adiantou que ainda não teve início o processo de auscultação de futuros emitentes mas referiu que a Bodiva, em conjunto com a Comissão de Mercado de Capitais (CMC), vai começar a analisar a questão, sendo claro que a bolsa vai arrancar com as empresas que apresentarem melhores condições para estarem cotadas.

“Além dos bancos há empresas de construção civil que estão cotadas em bolsas no estrangeiro e achamos que muitas empresas do ramo alimentar e petrolífero estão prontas para o desafio”, garantiu o presidente da Bolsa de Dívida e Valores de Angola. (macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH