Défice comercial de Cabo Verde regista melhorias no 1º semestre

13 August 2014

O défice da balança comercial de Cabo Verde registou um decréscimo de 2,4% no primeiro semestre do ano, ao ter passado de 25 784 milhões de escudos em 2013 para 25 176 milhões de escudos este ano, informou o Instituto Nacional de Estatística.

O défice comercial registado de Janeiro a Junho deste ano decorreu de exportações no valor de 2831 milhões de escudos, um acréscimo homólogo de 15,8% e importações que caíram 0,8% para 28 008 milhões de escudos.

A taxa de cobertura das importações pelas exportações registou uma melhoria de 1,4 pontos percentuais ao passar de 8,7% de Janeiro a Junho de 2013 para 10,1% no período homólogo deste ano.

No segundo trimestre também houve uma melhoria nas trocas comerciais com o exterior, tendo a balança passado de 13 932 milhões de escudos em 2013 para 13 311 milhões de escudos este ano.

No segundo trimestre a Europa continuou a ser o principal cliente de Cabo Verde, absorvendo 95,5% do total das exportações, embora tenha havido uma evolução negativa, atendendo a que no período homólogo de 2013 aquele continente absorvia 97,7% das vendas cabo-verdianas ao exterior.

A Europa continuou a ser o principal fornecedor de Cabo Verde, com 77% das importações totais, e Portugal manteve a liderança ao ter vendido ao arquipélago 39,1% do total das importações, surgindo no segundo lugar os Países Baixos com 16,9%. (macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH