Timor-Leste pretende aproveitar Macau para angariar investimento da China

15 August 2014

O novo delegado de Timor-Leste junto do Secretariado Permanente do Fórum Macau vai procurar aproveitar o seu mandato de três anos para conseguir mais investimento da China e também dos países de língua portuguesa para o seu país, de acordo com o jornal bilingue Plataforma.

Danilo Afonso-Henriques, de 42 anos, que em Junho assumiu as suas actuais funções, recordou que o Fórum Macau organiza anualmente diversas visitas à China “pelo que pretendo explorar oportunidades de investimento, muito em particular no sul da China e em Macau.”

“Timor-Leste pretende conseguir uma maior actividade ao nível dos negócios e comércio, nomeadamente detectando e explorando eventuais oportunidades”, disse Afonso-Henriques, que salientou haver empresários timorenses em Macau com “muito interesse e vontade de desenvolver o país.”

O objectivo, indicou, “é ajudar à diversificação da economia de Timor-Leste, que está muito dependente dos recursos naturais, nomeadamente do petróleo e gás”.

O novo delegado junto do Secretariado Permanente do Fórum Macau disse que Macau poderá encontrar em Timor-Leste “boas oportunidades de negócio, dado que importa a maior parte do que consome” e Timor-Leste tem “muito terreno e potencialidades, nomeadamente na agricultura”, disse.

Danilo Afonso-Henriques recordou ter já havido contactos sobre a criação de ligações aéreas directas entre Timor-Leste e Macau e realçou que terá de ser analisada a “potencialidade de captação de visitantes de Macau para Timor e vice-versa.”

“Pretendemos também discutir a possibilidade de uma ligação mais directa para transporte de produtos comerciais”, no sentido de se aumentarem as exportações, destacou. (macauhub/MO/TL)

MACAUHUB FRENCH