Autoridade Tributária de Moçambique supera metade da receita para o ano no 1º semestre

18 August 2014

A colecta fiscal em Moçambique no primeiro semestre, no montante de 89,6 mil milhões de meticais, superou metade da meta de 147 mil milhões de meticais prevista para o corrente ano fiscal, afirmou o presidente da Autoridade Tributária de Moçambique (AT).

Citado pelo matutino Notícias, de Maputo, Rosário Fernandes disse ainda que a a receita fiscal poderá melhorar nos próximos dias com o pagamento dos impostos sobre as mais-valias das diversas empresas que operam em Moçambique.

Nos primeiros quatro meses do ano foram cobrados em impostos sobre mais-valias 523 milhões de dólares, o equivalente a 15 846 milhões de meticais, que corresponde a 10,76% na receita fiscal planificada para 2014.

“Os processos em carteira indicam que, no presente ano, poderá superar-se a arrecadação em impostos sobre as mais-valias do ano de 2013, que foi de 624,4 milhões de dólares, o equivalente a 18 919 milhões de meticais”, revelou Fernandes.

Algumas das empresas com tributação regularizada (que pagaram impostos sobre as mais-valias) são Videocon Mauritius Energy Ltd, Anadarko Petroleum, Banco Único, Buzi Hydrocarbons, de Singapura, EME Investimentos, Montepuez Ruby, Petronas Carigali Mozambique, Tantalum Mineração e Prospecção, entre outras, estando ainda em discussão o negócio entre a Riversdale Mining Ltd e o grupo Rio Tinto.(macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH