Défice orçamental de Portugal será de 4% do PIB em 2014 segundo a Fitch Ratings

20 August 2014

Portugal conseguirá reduzir o seu défice orçamental para 4% do Produto Interno Bruto em 2014, afirmou a agência de notação de risco Fitch Ratings em comunicado distribuído terça-feira em Londres.

Para esta redução – que compara com um défice de 4,5% em 2013 – contribuirá positivamente o corte provisório dos ordenados da função pública considerados constitucionais pelo Tribunal Constitucional, disse a agência.

Em nota divulgada no passado dia 14 de Agosto corrente, o Tribunal Constitucional considerou constitucionais os cortes salariais no sector público em 2014 e 2015, mas declarou inconstitucionais os referentes aos anos de 2016 a 2018.

“A mais recente decisão do tribunal português de aprovar parcialmente as medidas de despesa reduz a curto prazo o risco para a consolidação e mantém o governo no caminho para atingir as metas orçamentais este ano”, afirmou a Fitch Ratings.

No entanto, a Fitch considera que a redução do défice orçamental português em 2015 deverá ficar em 2,7% do PIB, contra a previsão mais optimista do governo, que aponta para 2,5% do PIB suportada por um crescimento mais favorável da economia.

A Fitch Ratings acrescentou que o próximo governo português saído das eleições de Outubro de 2015 terá de seguir uma política fiscal firme se quiser reduzir o peso da dívida pública de 129% para 110% do PIB em 2023. (macauhub/PT)

MACAUHUB FRENCH