Comércio entre a China e países de língua portuguesa atingiu 77 423 milhões de dólares de Janeiro a Julho

1 September 2014

O comércio entre a China e os países de língua portuguesa atingiu 77 423 milhões de dólares de Janeiro a Julho, valor que representa um acréscimo homólogo de 5,12%, de acordo com dados das alfândegas da China divulgados em Macau.

Aquele montante decorreu de exportações chinesas de 24 628 milhões de dólares (+1,68%) e importações de 52 795 milhões de dólares (+6,81%), pelo que a China registou no período um défice comercial de 28 167 milhões de dólares.

Na lista dos principais parceiros comerciais da China com os oito de língua portuguesa surge o Brasil, aliás o maior parceiro comercial da China em termos mundiais, com 51 665 milhões de dólares (+2,15%), que representam exportações chinesas de 19 380 milhões de dólares (-2,82%) e importações igualmente chinesas de 32 284 milhões de dólares (+8,44%).

Angola aparece em segundo lugar com um comércio bilateral de 21 845 milhões de dólares (+0,91%), que teve origem em exportações chinesas de 2602 milhões de dólares (+20,19%) e exportações angolanas, praticamente constituídas por petróleo, de 19 242 milhões de dólares (+3,10%).

Em terceiro lugar surge Portugal, já a uma grande distância dos dois primeiros, com trocas comerciais de 2733 milhões de dólares (+24,84%), com exportações chinesas de 1776 milhões de dólares (+25,69%) e importações de 957 milhões de dólares (+23,28%).

Moçambique surge em quarto lugar com trocas comerciais no montante de 1071 milhões de dólares (+25,78%), resultado de exportações chinesas de 801 milhões de dólares (+24,05%) e importações de 270 milhões de dólares (+32,11%).

Os restantes países de língua portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe – registaram trocas comerciais com a China no montante de 107,3 milhões de dólares. (macauhub/CN/AO/BR/CV/GW/MZ/PT/TL/ST)

MACAUHUB FRENCH