Primeiro satélite de Angola com funcionamento previsto para o 1º trimestre de 2017

10 September 2014

O Angosat, o primeiro satélite de Angola, deverá ser colocado em órbita e entrar em funcionamento no primeiro trimestre de 2017, anunciou recentemente em Calai, província do Cuando Cubango, o secretário do Estado das Telecomunicações.

“A construção do Angosat está dentro dos prazos estabelecidos, em Setembro de 2016 teremos o satélite pronto e em princípios de 2017, o mais tardar até Março, teremos o satélite em órbita”, afirmou Aristides Safeca.

A construção do satélite, com um custo estimado em 37 mil milhões de kwanzas (378 milhões de dólares), decorre em Angola, a cargo de um consórcio russo liderado pelo grupo RSC, envolvendo também um financiamento russo, dos bancos Ruseximbank e VTB, conforme anunciado em Dezembro de 2012.

Com a entrada em funcionamento deste satélite, Angola vai passar a dispor de serviços de apoio às telecomunicações electrónicas, incluindo a prestação de serviços em banda larga e de televisão.

O Angosat terá um período de vida de 15 anos incluindo o projecto a criação de duas estações de rastreio, em Angola e na Rússia. (macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH