Grupo da Bélgica constrói centros comerciais em Moçambique

23 September 2014

A Pylos Moçambique, uma empresa do grupo de promoção e desenvolvimento imobiliário belga Pylos, iniciou a construção na cidade de Tete do primeiro de um conjunto de 15 centros comerciais que pretende construir no prazo de cinco anos, de acordo com um comunicado do grupo.

Jacky d´Almeida, director de operações da Pylos Moçambique, afirmou que a estratégia da empresa passa por apostar nas províncias como primeiro destino do investimento, pelo que “iniciámos no passado dia 1 de Setembro a construção do primeiro centro comercial na cidade de Tete.”

A construção da segunda unidade terá início ainda este ano na província de Nampula, a que se poderá seguir, também em 2014, uma terceira unidade na província de Inhambane.

“A Pylos definiu uma estratégia de investimento com capitais próprios, o que lhe permite uma maior liberdade de decisão e uma maior rapidez na concretização dos investimentos, cujo total está estimado em mais de 150 milhões de dólares”, disse José Carlos Pinheiro, presidente executivo da Pylos Moçambique.

O grupo Pylos tem actividades em três continentes, tendo já desenvolvido uma carteira de empreendimentos imobiliários na Bélgica, Luxemburgo, França e Brasil avaliada em mais de 800 milhões de dólares.

A Pylos Moçambique é o primeiro investimento do grupo em África e será seguida pela abertura da Pylos Zambia em Outubro de 2014. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH