Iluka Resources oferece 780 milhões de dólares por mina de areias pesadas em Moçambique

26 September 2014

A australiana Iluka Resources apresentou uma oferta de 780 milhões de dólares para a compra da irlandesa Kenmare Resources, cujo principal activo é a mina de areias pesadas de Moma, em Nampula, Moçambique, anunciou recentemente a empresa australiana.

A mina de Moma tem uma vida expectável superior a 100 anos e produz actualmente mais de 900 mil toneladas de minérios extraídos das areias pesadas, na sua maior parte ilmenite e zircão.

“O potencial de transacção envolvendo a Kenmare Resources é compatível com a estratégia da Iluka Resources de exploração de areias pesadas”, lê-se num comunicado da Iluka, que salienta não “haver certeza de que qualquer transacção será realizada.”

A Kenmare Resources anunciou, em Agosto último, um prejuízo operacional de 17,9 milhões de dólares no primeiro semestre, depois de um lucro de 6,9 milhões de dólares no período homólogo de 2013.

Os prejuízos registados ficaram a dever-se, de acordo com Michael Carvill, presidente executivo da empresa irlandesa, ao facto de os preços nos mercados internacionais para os minérios extraídos pela empresa terem caído 23% para a ilmenite e 7% para o zircão primário.

Cotada na Bolsa de Valores da Austrália, a Iluka Resources é o maior produtor mundial de zircão e um dos maiores de produtos de dióxido de titânio, com operações mineiras na Austrália e no estado da Vírginia, nos Estados Unidos da América. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH