FMI concede empréstimo à Guiné-Bissau

26 September 2014

O Fundo Monetário Internacional (FMI) vai conceder um empréstimo de 4,1 milhões de euros à Guiné-Bissau para acudir a necessidades básicas urgentes do país, anunciou o chefe de missão, Felix Fischer.

O acordo foi alcançado durante a visita de uma delegação do FMI à Guiné-Bissau que começou a 15 de Setembro e terminou quinta-feira com elogios às medidas que estão a ser tomadas pelo novo governo eleito em Abril e empossado em Julho.

O empréstimo deverá ser aprovado pelo conselho executivo do FMI em Novembro e desembolsado de uma só vez na mesma altura através de um mecanismo destinado a países com baixas receitas fiscais, mas com necessidades urgentes.

O pagamento de salários, fornecimento de electricidade e serviço de dívida estão entre as prioridades orçamentais do Estado guineense.

O FMI prevê depois regressar com nova comitiva à Guiné-Bissau em Março ou Abril de 2015 para discutir um programa de financiamento a três anos, informou a agência noticiosa Lusa. (macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH