Angola corta juros no crédito à agricultura para fomentar investimento

6 October 2014

O governo de Angola reduziu de 5% para 2% a taxa de juro dos beneficiários do Crédito Agrícola de Campanha, de acordo com um despacho do ministro das Finanças, Armando Manuel.

No documento citado pela agência noticiosa Lusa, o ministro afirma ter o governo reconhecido a “necessidade de reduzir-se a taxa de juros dos beneficiários [deste tipo de crédito] de 5% para 2%”, sendo “a diferença bonificada pelo Estado.”

O Crédito Agrícola de Campanha angolano foi lançado em Junho de 2010 para “fortalecimento dos pequenos e médios produtores agro-pecuários e da linha de crédito para apoio”, recorda o despacho.

O Crédito Agrícola de Campanha é um programa do Governo de apoio à agricultura que envolve o Banco de Poupança e Crédito, Banco de Comércio e Indústria, Banco SOL e Banco Africano de Investimentos, que assumiram um compromisso inicial de financiamento de 150 milhões de dólares.

A taxa de juro, montantes, limites do capital mutuado e comparticipados dos beneficiários com capital próprio, são fixados anualmente pelo Ministério das Finanças, no âmbito do regulamento destes apoios, depois de ouvidos os membros do Comité de Coordenação do Crédito Agrícola. (macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH