Austrália ganha terreno ao Brasil na venda de minério de ferro à China

23 October 2014

As importações chinesas de minério de ferro do Brasil cresceram 13% de Janeiro a Setembro mas as da Austrália cresceram 33,5% no mesmo período, de acordo com dados estatísticos divulgados quarta-feira em Pequim pelo departamento de alfândegas da China.

Os dados citados pela agência financeira Reuters mostram ainda que as importações totais chinesas de minério de ferro cresceram 16,5% de Janeiro a Setembro, sendo 406 milhões de toneladas, ou 58% dos cerca de 700 milhões de toneladas importadas no período, originárias da Austrália.

Por seu turno, a China comprou ao Brasil minério de ferro, que foi exportado maioritariamente pela Vale, no montante de 125 milhões de toneladas, ou 17,9% das compras totais nos primeiros sete meses do ano.

No período homólogo de 2013, a China havia importado 600 milhões de toneladas, com a Austrália a fornecer 304 milhões de toneladas (51% do total) e o Brasil 111 milhões (18,4% do total), segundo o mesmo departamento do governo chinês.

Esse aumento de participação no mercado chinês do minério da Austrália, maior exportador global, tem lugar numa altura em que os grupos mineiros Rio Tinto e BHP estão a extrair muito mais minério do que a Vale.

O minério de ferro tem sido nos últimos anos o principal produto de exportação do Brasil. (macauhub/BR/CN)

MACAUHUB FRENCH