Japão apoia fundo de garantia para PME em Moçambique

23 October 2014

O governo de Moçambique, em parceria com a Agência Japonesa para o Desenvolvimento Internacional, constituiu um fundo de garantia financeira destinado às pequenas e médias empresas com uma dotação inicial de 13 milhões de dólares, de acordo com o matutino Notícias, de Maputo.

O fundo de garantia destina-se a apoiar as PME no seu relacionamento com as instituições bancárias e viabilizar os pedidos de concessão de crédito para o financiamento dos respectivos projectos empresariais.

O anúncio foi feito segunda-feira pelo director-geral adjunto do Instituto para a Promoção das Pequenas e Médias Empresas (Ipeme), Adriano Chamusso, no decurso do seminário destinado à formação das direcções provinciais da Indústria e Comércio e distritais das Actividades Económicas sobre os instrumentos a serem usados no apoio às micro, pequenas e médias empresas sobre o programa “Cada Distrito, Um Produto”.

Adriano Chamusso anunciou igualmente que o fundo está disponível aos interessados através do Millennium bim, Banco Comercial e de Investimentos (BCI), Banco Único e MozaBanco, tendo já sido criados os mecanismos de acesso por parte das pequenas e médias empresas a nível nacional.

Com este fundo, o Ipeme pretende criar mecanismos de garantia e aligeirar os requisitos exigidos pelos bancos para o acesso aos empréstimos, bem como a bonificação dos juros no sentido de tornar competitivos e sustentáveis os investimentos a nível das pequenas e médias empresas (PME).

O Instituto para a Promoção das Pequenas e Médias Empresas é um instrumento de apoio e dinamização das micro, pequenas e médias empresas em Moçambique com a missão essencial de incentivar a sua implantação, consolidação e desenvolvimento. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH