Empresas privadas responsáveis por metade dos depósitos bancários em Moçambique em 2013

23 October 2014

Cerca de 49% de depósitos bancários realizados em Moçambique em 2013 tiveram como titulares empresas privadas, a que se seguiram os de famílias moçambicanas e estrangeiras, com 45%, informou o Banco de Moçambique, de acordo com o jornal Correio da Manhã.

O remanescente da titularidade dos depósitos é pertença do sector público, ainda de acordo com o banco central, que salienta que no ano transacto o peso dos depósitos das empresas privadas reduziu-se em 50 pontos base, contra um aumento do das famílias em 1,3 pontos base, enquanto os do sector público empresarial registaram uma contracção de 1,8 pontos percentuais.

Por denominação, a componente de depósitos em moeda moçambicana cresceu 25 073 milhões de meticais, enquanto os depósitos titulados em moeda estrangeira aumentaram no equivalente a 2287 milhões de meticais, reflectindo, basicamente, a entrada de divisas.

O Banco de Moçambique aponta como factores que determinaram o aumento dos meios totais de pagamento em 2013 a expansão do crédito bancário ao sector privado, no montante de 33 833 milhões de meticais, e a introdução de liquidez pelo Estado, através da compensação de cheques e pelo Sistema de Transferência de Fundos, no montante de 5535 milhões de meticais.

Os depósitos bancários totais foram determinantes no aumento da massa monetária em 16,4%, enquanto as notas e moedas em circulação cresceram 3049,5 milhões de meticais, representando um aumento na ordem de 15,5%, informou ainda o banco central de Moçambique. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH