Moçambique abre consulado-geral em Macau

27 October 2014

A abertura de um consulado-geral de Moçambique em Macau visa “reforçar ainda mais a cooperação bilateral” com a China, disse o embaixador de Moçambique na China, António Inácio Júnior.

O embaixador destacou que o investimento de empresas chinesas em Moçambique, “que nos últimos anos já supera 4 mil milhões de dólares”, tem sido diversificado, tendo “nomeadamente no sector dos transportes e comunicações, na indústria e agricultura e nos serviços.”

Inácio Júnior disse à agência noticiosa Lusa que a China é, actualmente, o segundo maior investidor em Moçambique, mas quer aprofundar ainda mais essa relação bilateral esperando, ao nível estritamente comercial, atingir este ano dois mil milhões de dólares.

“Este consulado é a concretização de um objectivo que temos vindo a consolidar nos últimos anos para ampliar a nossa presença na grande China e num quadro de relacionamento privilegiado com este país, aqui formulado e vincado através de Macau, a cidade plataforma da China para os países de língua portuguesa”, disse.

O consulado de Moçambique em Macau será liderado pelo diplomata Rafael Custódio Marques.

Entretanto, no decurso de uma visita efectuada quinta-feira às instalações da agência noticiosa estatal moçambicana AIM, o embaixador da China em Moçambique, Li Chunhua, disse que as empresas chinesas investiram no país no ano passado 1600 milhões de dólares.

“Prevejo que aquele montante aumente este ano entre 20% a 25%, o que quer dizer que a cooperação entre a China e Moçambique tem excelentes perspectivas”, disse ainda o embaixador, no decurso da visita que culminou com a oferta de diverso equipamento de trabalho à redacção da agência noticiosa. (macauhub/CN/MO/MZ)

MACAUHUB FRENCH