Air France-KLM pretende começar a voar para Moçambique

29 October 2014

O grupo de aviação Air France-KLM está a negociar com os governos de Moçambique e do Gabão a realização de voos directos de Paris para estes países nos próximos dois anos, anunciou o vice-presidente Frank Legre.

Em declarações à agência financeira Bloomberg, Legre adiantou que as rotas incluem ligações directas entre Paris e Maputo e entre Paris e Port Gentil, um dos centros petrolíferos do Gabão.

A Air France já opera voos de Paris para Libreville, no Gabão, mas não para Moçambique, país cuja economia “está em crescimento rápido e que foi tornado atractivo pela descoberta de depósitos de gás natural”, de acordo com Frank Legre.

A mais recente companhia aérea a operar no mercado moçambicano é a Qatar Airways, que introduziu voos de Doha a Maputo, realizados três vezes por semana via Joanesburgo, na África do Sul.

João Abreu, presidente do Instituto de Aviação Civil de Moçambique (IACM), disse que as negociações resultam de um memorando assinado este ano com a sua congénere francesa e prevê uma ligação directa entre França e Moçambique, abrangendo ainda as ilhas francesas no Índico.

Ao abrigo desse memorando, estão já em operação três voos semanais entre Pemba, norte de Moçambique, e Dzaoudzi (Maiote, arquipélago das Comores), através da transportadora francesa Air Austral em regime de “code-share” com as Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) e que poderá vir também a abrir também novas rotas entre Reunião e Maputo e outros destinos moçambicanos. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH