Carga processada no porto da Beira, Moçambique, com crescimento previsto de 15%

31 October 2014

A carga processada este ano pelos operadores do Zimbabué, Zâmbia, Malawi e RD Congo, bem como de Moçambique, deverá registar um crescimento de 15%, disse o administrador-delegado da Cornelder de Moçambique, a sociedade gestora do porto da Beira.

A previsão de crescimento relativa a 2013 era de 17%, quando comparada com 2012, mas a ocorrência de alguns problemas, que viriam a ser ultrapassados com a entrada em funcionamento da Janela Única Electrónica, impediram que isso acontecesse, de acordo com o matutino Notícias, de Maputo.

Carlos Mesquita disse que o porto processou no ano passado 184 mil contentores contra 210 mil previstos e 6,6 milhões de toneladas de carga geral, dos quais quatro milhões de toneladas de carvão mineral extraído em Moatize, província de Tete.

O administrador-delegado da Cornelder de Moçambique disse ainda que foi possível alcançar os números registados em 2012 devido à entrada em funcionamento, em Março, de dois novos pórticos para contentores.

“Com esses dois pórticos e os dois anteriormente em funcionamento foi possível aumentar o número de contentores de 12 para 29 por hora e reduzir o tempo de permanência dos navios de seis para dois dias”, disse ainda Carlos Mesquita. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH