Angolana Sonangol começa a vender petróleo à Indonésia em 2015

4 November 2014

A estatal Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) pretende começar a vender petróleo em rama à Pertamina, a sua congénere da Indonésia, a partir de 2015, disse em Jacarta o presidente da empresa, Francisco de Lemos José Maria.

A Indonésia não tendo conseguido atrair suficiente investimento para procurar inverter a tendência de queda que se regista na produção petrolífera do país, actualmente cerca de metade do pico de 1,6 milhões de barris registados em 1995, quando necessita de cinco vezes mais para atender às necessidades e consumo da sua população e da indústria.

Angola, por seu turno, tem actualmente uma produção de 1,6 milhões de barris por dia e pretende aumentá-la a curto prazo para 2 milhões de barris.

O presidente da Pertamina, Muhammad Husen, disse que a empresa está a analisar a eventual constituição de uma parceria em três ramos  distintos – a jusante da extracção, refinação e comercialização e acrescentou “estamos a pensar iniciar a importação no início de 2015.”

Francisco de Lemos José Maria disse ainda que caso seja alcançado um acordo os envios de petróleo podem iniciar-se dentro de dois a três meses e acrescentou que as partes estão a discutir a possibilidade de construir uma refinaria na Indonésia, com uma capacidade entre 200 mil e 300 mil barris por dia.

No imediato, as duas empresas estatais assinaram sexta-feira um acordo quadro de cooperação, no âmbito da visita à Indonésia do vice-presidente de Angola, Manuel Domingos Vicente. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH