Banco de investimento africano disponível para financiar projectos na Guiné-Bissau

6 November 2014

O Banco de Investimento e de Desenvolvimento da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (BIDC) está disponível para financiar projectos do sector privado da Guiné-Bissau a partir de um milhão de dólares, anunciou em Bissau um quadro da instituição.

Aquele quadro reuniu-se com empresários de diferentes ramos de actividade no palácio do governo, em Bissau, aos quais explicou as modalidades de acesso ao crédito, de acordo com a agência noticiosa Lusa.

Presente no encontro, o secretário de Estado guineense do Plano e Integração Regional, Degol Mendes, adiantou que o sector privado do país “tem aqui uma oportunidade” para se relançar, uma vez que o BIDC “está pronto” para financiar projectos.

Qualquer empresário, desde que residente na Guiné-Bissau, pode apresentar um pedido de financiamento, sublinhou Mendes, alertando apenas que os projectos devem ter como valor mínimo um milhão de dólares e respeitar os requisitos exigidos.

Para que sejam financiados, os interessados terão de apresentar estudos de viabilidade económica e de impacto social e económico no local onde será executado.

O BIDC foi criado em 1976, mas esta será a primeira vez que poderá financiar projectos do sector privado na Guiné-Bissau. (Macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH