Ilha da Madeira e Angola associam-se a Cabo Verde num Centro Internacional de Negócios

17 November 2014

A ilha portuguesa da Madeira e Angola vão associar-se na sociedade de gestão do Centro Internacional de Negócios (CIN) que o governo de Cabo Verde está a criar na ilha de São Vicente, disse José Duarte, presidente da Cabo Verde Investimentos (CV Invest).

Duarte disse ainda que o CIN deverá estar a funcionar no princípio de 2015, constituindo um “importante instrumento de diversificação económica” e que vai permitir diversificar também a própria procura e atracção de investidores para as zonas francas em São Vicente.

O CIN, acrescentou, será instalado no Mindelo, capital da ilha de São Vicente, ultrapassados que estão “alguns reveses”, o principal ligado à falta de entendimento com a Sociedade de Gestão do Lazareto, arredores da cidade, onde havia um grande parque industrial, de acordo com o jornal cabo-verdiano A Semana.

“A Câmara Municipal de São Vicente, as câmaras de comércio e o próprio Estado alcançaram um entendimento no sentido de se superar a questão da concessão (de terrenos) no Lazareto. Vamos recuperar a zona industrial e os accionistas vão ser incluídos num veículo nacional que vai comparticipar na estrutura de capital da nova sociedade gestora do CIN”, adiantou José Duarte.

O CIN, sublinhou José Duarte, conta com três pilares, duas zonas francas, uma comercial e outra industrial, “dentro de um perímetro confinado a uma zona alfandegada”, e o terceiro será o Centro Internacional de Serviços, que servirá todo o território nacional. (Macauhub/AO/CV/PT)

MACAUHUB FRENCH