Cabo Verde vai ter nova emissão de notas de banco

19 November 2014

A nova emissão de notas de banco aprovada pelo governo de Cabo Verde deverá entrar em circulação ainda este ano, de acordo com a agência noticiosa pan-africana Panapress.

A emissão consiste em novas notas de 200, 500, 1000, 2000 e 5000 escudos e homenageia figuras cabo-verdianas do mundo da cultura e da política, entre as quais a falecida cançonetista Cesária Évora e o primeiro Presidente da República, Aristides Pereira.

Ao anunciar a decisão de autorizar o banco central a proceder à emissão de nova notas, o porta-voz do governo, o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Démis Lobo, disse que as notas, que contêm avanços tecnológicos e de segurança “inovadores”, permitem ainda repor a quantidade em circulação, que é considerada baixa.

De acordo com o decreto-lei, a nova nota de 200 escudos homenageia o médico e escritor cabo-verdiano Henrique Teixeira de Sousa bem como a sua ilha natal, Fogo.

O poeta Jorge Barbosa, um dos fundadores do movimento literário Claridade, e a sua ilha, Santiago, vão ser homenageados na nova nota de 500 escudos.

Com a emissão da nova nota de 1000 escudos, consagra-se a figura do músico e compositor Codé di Dona, de nome próprio Gregório Vaz, um dos expoentes máximos doo género musical funaná.

A cantora Cesária Évora e o género musical morna serão homenageados com a nota de 2000 escudos, enquanto o primeiro Presidente da República de Cabo Verde, Aristides Maria Pereira, bem como a sua ilha natal, Boa Vista, vão constar na nota de 5000 escudos, a de maior valor. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH