Engenheiros de língua portuguesa reunidos em congresso em Macau

27 November 2014

O 2º Congresso de Engenheiros de Língua Portuguesa decorre hoje e sexta-feira em Macau com a participação de 800 pessoas, 300 das quais dos países de língua portuguesa, disse António Trindade, da Associação dos Engenheiros de Macau.

“Esta plataforma dos engenheiros dos países de língua portuguesa foi criada há dois anos em Macau, juntámos os profissionais da região do delta do rio das Pérolas e vamos discutir a cooperação multilateral e o papel dos engenheiros no sucesso desta cooperação, para o desenvolvimento económico e social”, disse ainda António Trindade, citado pela agência noticiosa Lusa.

O mesmo responsável destacou a dimensão do congresso, que resulta da iniciativa da classe profissional em Macau, à qual se juntaram empresários, académicos e quadros de entidades de Portugal, Moçambique, Angola, Cabo Verde, Timor-Leste, Brasil, Guiné Bissau, Hong Kong e interior da China.

“São 50 oradores, 17 empresas a patrocinar, fora as que vêm sem serem patrocinadoras”, disse.

António Trindade salientou a actualidade dos painéis, que vão desde as energias renováveis, transportes, tratamento de resíduos e certificação académica e profissional, até à recuperação do património histórico nos centros urbanos.

Este congresso vai também assinalar o 40º aniversário da ponte governador Nobre de Carvalho, com uma exposição sobre a primeira ligação entre Macau e a ilha da Taipa, da autoria do engenheiro português Edgar Cardoso.

(Macauhub/AO/BR/CV/GW/MO/MZ/PT)

MACAUHUB FRENCH