Economia de Macau com primeira contracção trimestral em cinco anos

1 December 2014

A economia de Macau registou pela primeira vez em cinco anos um crescimento económico negativo trimestral, que no terceiro trimestre se situou em 2,1% em termos reais face ao trimestre homólogo de 2013, informaram os Serviços de Estatística e Censos.

A queda ficou a dever-se à queda substancial da exportação de serviços, sendo que no caso do jogo houve uma contracção de 12,3% e dos outros serviços turísticos de 0,7%.

Do lado positivo, a despesa de consumo privado, a despesa de consumo final do Governo e o investimento privado subiram 7,2%, 8,1% e 41,5%, respectivamente, confirmando de novo a consistência do crescimento da procura interna.

O deflactor implícito do Produto Interno Bruto do terceiro trimestre, que mede a inflação global, ascendeu a 8,9% em termos anuais, informaram ainda aqueles serviços.

A formação bruta de capital fixo, que reflecte o investimento, continuou a subir (+38,1% em termos anuais), devido à construção de várias instalações de turismo e entretenimento de grande envergadura, tendo ajudado a diminuir a dimensão da contracção económica.

Nos anos de 2011, 2012 e 2013 Macau registou um crescimento económico real de 21,3%, 9,1% e 11,9%, respectivamente. (Macauhub/MO)

MACAUHUB FRENCH