Capital de Moçambique recebe II Cimeira do Gás

1 December 2014

A cidade de Maputo acolhe, de terça a sexta-feira, a II Cimeira do Gás que irá debater, entre outros temas, o papel de Moçambique no  mercado mundial gás natural,

A gestora de projectos do grupo CWC (http://www.thecwcgroup.com/), que se dedica a organização de eventos sobre gás e petróleo, Mariya Incheva, disse estar prevista a participação de 500 delegados e 40 empresas nesta cimeira que é igualmente organizada pela estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH).

A cimeira tem o apoio do governo de Moçambique e estão previstas intervenções dos ministros da Energia, Salvador Namburete, e do Planeamento e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, além de representantes da ENH e dos grupos italiano ENI e norte-americano Anadarko Petroleum, os principais operadores na bacia do Rovuma.

O administrador da ENH, Tavares Martins, disse que neste evento os empreendedores nacionais poderão colher dados sobre como podem beneficiar da existência de gás e petróleo no país.

A cimeira deverá também abordar o licenciamento de novas áreas de pesquisa e produção em Moçambique, a formação de dirigentes no sector de hidrocarbonetos e implicações ambientais.

Na semana passada, o governo moçambicano aprovou o início dos projectos de liquidificação de gás natural nos blocos 1 e 4 da bacia do Rovuma, norte do país, liderados respectivamente pelos grupos Anadarko Petroleum e ENI, com um investimento previsto de mais de 30 mil milhões de dólares.

Estima-se que Moçambique possua reservas de 200 biliões de pés cúbicos de gás natural, posicionando-se como um dos principais potenciais produtores do mundo. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH