Sinistros em Moçambique custaram às seguradoras 30 milhões de dólares no 2º trimestre

3 December 2014

Os sinistros ocorridos em Moçambique no segundo trimestre do ano representaram para as companhias de seguros custos no montante de 30,3 milhões de dólares, um acréscimo de 62% relativamente ao período homólogo de 2013, revelam dados apresentados terça-feira em Maputo.

Os dados, divulgados no decurso do II Seminário sobre a legislação do sector dos seguros, indicam que dos custos com a reparação de sinistros, no total de 965,8 milhões de meticais, 803 milhões destinaram-se ao ramo Não-vida e 162,7 milhões ao ramo Vida, valores que representam aumentos de 133% e 52%, respectivamente.

Os mesmos dados, citados pelo jornal Notícias, de Maputo, precisam que o maior crescimento no ramo Não-vida ocorreu no segmento dos transportes, tendo havido um decréscimo considerável no segmento responsabilidade civil.

O segmento automóvel foi o que maior número de sinistros teve com cerca de 51,8% do total no segundo trimestre, com um crescimento de  47% do primeiro para o segundo trimestre. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH