Projectos de investimento aprovados em Moçambique representam 3,9 mil milhões de dólares

3 December 2014

Os 398 projectos de investimento aprovados de Janeiro a Setembro deste ano em Moçambique representam 3,9 mil milhões de dólares, mais 700 milhões do que no período homólogo de 2013, disse terça-feira em Maputo o porta-voz do Conselho de Ministros.

Henrique Banze, porta-voz e vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, disse ainda que os projectos aprovados foram seleccionados de um total de 403 submetidos no período em análise.

Citado pelo jornal Notícias, de Maputo, Banze disse que Sofala lidera a lista de províncias onde mais investimentos foram efectuados, com um total de 1,1 mil milhões de dólares, seguida de Cabo Delgado, com 1054 milhões e, em terceiro, a cidade de Maputo, com mil milhões de dólares.

“Em termos sectoriais os Transportes e Comunicações lideram com 20,27% do total do investimento, seguindo-se os Serviços e Comércio, com 14,37% e a Agricultura e Agro-Indústria, com 12,93%”, disse Banze, acrescentando que a Aquacultura e Pescas, Turismo e Hotelaria e Energia são outras áreas importantes, com uma participação de 10,82%.

Henrique Banze recordou que em 2013 o montante total aplicado em projectos de investimento atingiu 3,2 mil milhões de dólares e que em 2012 esse valor foi de apenas 1,8 mil milhões de dólares, sendo que os projectos já aprovados este ano têm potencial para criar mais de 33 mil postos de trabalho.

Henrique Banze informou igualmente que no sector dos recursos minerais foram aprovadas nos primeiros nove meses do ano 228 licenças, tanto para prospecção como para extracção, com a província da Zambézia a liderar a lista, com 48 projectos, seguida de Cabo Delgado, com 45, e depois Manica e Tete, com 29 e 28 projectos, respectivamente. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH