Mitsui & Co compra participação em activos da brasileira Vale em Moçambique

5 December 2014

O grupo japonês Mitsui & Co vai adquirir uma participação no projecto carbonífero do grupo brasileiro Vale em Moatize, província de Tete, Moçambique, de acordo com o jornal económico japonês Nikkei.

O jornal adiantou que a Mitsui irá comprar uma parcela de 15% no capital da Vale Moçambique, a subsidiária moçambicana do grupo brasileiro, por 450 milhões de dólares.

A mesma fonte disse também que o grupo japonês vai adquirir metade da participação de 70% que o grupo Vale tem no Corredor de Nacala, em que está associada à empresa estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique.

O Corredor de Nacala compreende uma linha de caminho-de-ferro entre Moatize e Nacala, com passagem pelo vizinho Malawi e o porto de águas profundas de Nacala.

O grupo Mitsui & Co está envolvido em Moçambique na exploração de gás natural, dispondo de uma participação de 20% na concessão Área 1 da Bacia do Rovuma, liderada e operada pelo grupo americano Anadarko Petroleum. (Macauhub/BR/MZ)

MACAUHUB FRENCH