Investimentos reduzem entregas ao Estado das empresas públicas de Moçambique

9 December 2014

A realização de investimentos fez com que as verbas que as empresas públicas de Moçambique entregam ao Estado tenha registado em 2014 uma quebra de 20% relativamente ao ocorrido em 2013, afirmou recentemente o ministro das Finanças.

Sem quantificar os montantes em questão, Manuel Chang disse que as administrações das empresas solicitaram autorização para a realização de investimentos, “o que foi autorizado pelo governo.”

“Concordámos, porque entendemos que só desta forma é que a economia pode crescer”, disse o ministro, que acrescentou que embora haja uma redução no montante entregue ao Estado “achamos que se trata de um investimento para o futuro.”

As afirmações do ministro foram proferidas durante a realização, em Maputo, do XIX Conselho Consultivo do Instituto de Gestão das Participações do Estado (Igepe), encontro que serviu para efectuar o balanço das actividades do ano de 2014 e elaborar perspectivas para 2015.

Informações avançadas na ocasião indicam que o Igepe concluiu sete processos de alienação de participações do Estado, sendo cinco relativos à venda das participações aos gestores, técnicos e trabalhadores e dois a investidores privados. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH